A versatilidade na produção de Rei Menezes
08/11/2021 16:39 em Podcast

Por Marcos R

 

A história do rock nacional também é marcada pelo trabalho daqueles profissionais que ajudaram a formatar o gênero, comandando uma mesa de som dentro de um estúdio de gravação.

Mais do que apenas registrar o que as bandas estavam tocando, eles também contribuíam com todo o seu talento, lançando idéias e abordagens que se ajustavam durante as gravações.

Estes são os produtores, peças fundamentais para a condução no registro de uma obra musical e no seu resultado final.

Em tempos atuais de estúdios de alta tecnologia, sua importância tem se tornado cada vez maior e um desses exemplos pode se perceber no trabalho de Rei Menezes.

Comandando o seu estúdio, Vertigo, na capital paulista, Rei é destaque entre a cena atual do rock independente produzindo bandas como Fuzz Toys, Matéria Mística, Fora da Pista entre outras e se tornou uma grande referência.

Discípulo de Paulo Anhaia, outro mestre da produção musical no Brasil, Rei Menezes não economiza com a sua experiência, realizando trabalhos formidáveis com as bandas e artistas que produz.

Ele falou sobre a sua carreira e o seu início, além de curiosidades dentro do estúdio e outros assuntos na entrevista cedida ao podcast do programa Rockpédia que você confere a seguir.

COMENTÁRIOS

       

           

          

PUBLICIDADE