Astro do faroeste americano morre aos 93 anos
04/05/2020 18:35 em Celebridades

O ator John Ericson morreu ontem vítima de pneumonia na cidade americana de Santa Fe. Ele tinha 93 anos e estrelou diversos sucessos do gênero faroeste, tendo grande destaque na chamada era de ouro de Hollywood.

Logo no início da carreira, Ericson contracenou com Elizabeth Taylor em "Rapsódia", de 1954. O sucesso fez com que se tornasse presença constante nas principais produções do estúdio MGM (Metro-Goldwyn-Mayer).

Vivendo o auge dos filmes que retratavam o Velho Oeste americano, o ator se destacou em produções como "Conspiração do Silêncio", "Na Fúria de uma Sentença" e "Dragões da Violência", todos na década de 50.

Já nos anos 60, o ator migrou para a televisão e estrelou a série "Honey West" ao lado da atriz Anne Francis. Mais tarde, em 1971, ainda voltou a se destacar no cinema com a comédia "Se Minha Cama Voasse", de 1971.

Ericson era alemão e nasceu em Düsseldorf. Sua família migrou para os Estados Unidos para fugir do nazismo. Em Nova York, estudou na Academia Americana de Artes Dramáticas na mesma sala de futuras estrelas, como Grace Kelly.

O ator deixa sua mulher Karen e a filha Nicole.

Fonte: Entretenimento UOL

COMENTÁRIOS

      

      

          

PUBLICIDADE