Criadora de Friends descarta possibilidade de um revival
15/03/2019 16:27 em Séries

Foto: Reprodução

Não são poucas as séries dos anos 80 e 90 que estão retornando a TV para temporadas especiais. De Gilmore Girls a Grace & Frankie e até Queer Eye está de volta com uma nova roupagem para o streaming. Mas, apesar de tantos retornos bem sucedidos, duas das séries mais populares desse período parecem estar comprometidas a não retornar de forma alguma. Jerry Seinfeld já tinha falado que sua sitcom jamais retornaria à TV e agora foi a vez da criadora de Friends, Marta Kauffman, jogar um balde de água fria na cabeça dos fãs que esperam ansiosamente por um retorno de Ross, Joey, Monica, Rachel e companhia.

“Tem muitas razões para um revival não acontecer“, afirmou Kauffman em entrevista a revista Rolling Stone. A roteirista apresentou várias razões para uma continuação de Friends não funcionar no novo milênio, sendo que, segundo ela, uma reunião do elenco só causaria decepção nos fãs de Friends. “A série está muito bem, as pessoas adoram. Um revival só decepcionaria.”

Mas quais são as razões para Kauffman abominar uma nova iteração de Friends? Ela responde na entrevista:

      Primeira: a série é sobre um período da sua via quando seus amigos são a sua família. Já passamos desse período. Um revival só serviria para reunir os seis atores, mas todo o cerne da sitcom não estaria lá.

      Segunda: Não sei qual seria o beneficio de um revival para nós.

Há alguns meses, o ator Matt LeBlanc, que interpretou Joey na série, falou que até mesmo o elenco de Friends se divide quando a questão é o possível revival. LeBlanc afirma que as garotas do elenco são as mais entusiasmadas com a possibilidade, enquanto os rapazes não são tão animados (por uma razão misteriosa que nem LeBlanc sabe).

Friends estreou na televisão americana em 1994 e teve dez temporadas ao todo, sendo referência em séries, durante anos.

Fonte: Jovem Nerd

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PARCEIROS

           

      

         

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE