Apple e Samsung recebem multa milionária por deixar celulares mais lentos
25/10/2018 18:17 em Tecnologia

Foto: Olhar Digital

A Apple e a Samsung foram multadas, cada uma, em 5 milhões de euros (mais de R$ 21 milhões em conversão direta) por um órgão de defesa do consumidor na Itália. As duas empresas são acusadas de deixar smartphones mais lentos de propósito por meio de updates.

Segundo a agência Reuters, a Apple recebeu uma multa adicional de mais 5 milhões de euros, levando o total a ser pago a 10 milhões, por "não ter dado a clientes informações claras sobre como manter ou eventualmente substituir baterias" de iPhones.

O caso da Apple não é novidade. Em 2017, a empresa admitiu que estava deixando iPhones antigos mais lentos de propósito. O objetivo, segundo a Apple, era preservar a vida útil de baterias que se desgastaram com o tempo, limitando a velocidade do processador.

A empresa pediu desculpas por não ter deixado clara a atitude a clientes, ofereceu trocas de bateria com desconto e passou a permitir que o próprio usuário escolha se quer preservar a bateria ou manter o processador em velocidade máxima.

No caso da Samsung, a acusação é nova. Quando a Apple admitiu a prática, outras empresas de smartphones Android, entre elas a Samsung, negaram realizar o mesmo em seus aparelhos. O órgão italiano que multou as duas marcas não divulgou detalhes sobre a atitude da Samsung.

A Itália diz que desacelerar smartphones antigos de propósito é uma maneira de obrigar clientes a trocar seus aparelhos por um novo antes da hora - prática conhecida como "obsolescência programada", que é crime em muitos países da Europa, entre eles a Itália.

Fonte: Olhar Digital

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PARCEIROS

 

Parceiros:

           

      

Apoiadores:

      

         

Realização:

PUBLICIDADE