Governo brasileiro financiará projetos de estações para recarga de carros elétricos
22/10/2018 18:05 em Brasil

Foto: Reprodução

Através do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), o governo brasileiro vai apoiar financeiramente a construção de vários projetos de estações para recarga de carros elétricos no Brasil. O aporte aprovado foi de R$ 6,7 milhões para duas companhias que vão criar diversos projetos para o desenvolvimento do mercado de elétricos no país.

O financiamento foi divido em quantias de R$ 3,4 milhões e R$ 3,3 milhões entre duas fundações de desenvolvimento tecnológico no país — a CPqD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações) e a CERTI (Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras). As empresas foram escolhidas através de uma chamada feita em 2016.

De acordo com a nota publicada pelo banco, as instituições vão criar três modelos de eletropostos com diferentes tipos de recarga. As estações são divididas em: recarga lenta (8 a 16 horas), semirrápida (2 a 4 horas) e rápida (até 1 hora). A tecnologia será desenvolvida visando a instalação em shoppings, estacionamentos, postos de gasolina, residências e até estradas.

O investimento faz parte do BNDES Funtec, um fundo não reembolsável com foco em projetos de pesquisa aplicada, desenvolvimento tecnológico e inovação em solo brasileiro.

Além do valor investido pelo banco, os dois projetos contam com um outro apoio da Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) no valor total de R$ 2,9 milhões.

A justificativa para o investimento é a sustentabilidade e o crescimento do número de veículos elétricos em todo o mundo. O segmento representa 0,2% da frota mundial de carros e superou a marca de três milhões de unidades em 2017, um aumento de 50% em relação a 2016. Mas, no Brasil, os carros elétricos ainda não emplacaram e, segundo o BNDES, a falta de uma infraestrutura de recargas é um dos gargalos para o desenvolvimento do setor. “Nesse sentido, as operações do BNDES representam uma oportunidade para ampliação da frota de veículos elétricos no país”, aponta o texto.

Fonte: Jovem Nerd

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PARCEIROS

 

Parceiros:

           

      

Apoiadores:

      

         

Realização:

PUBLICIDADE