Apple estaria disposta a universalizar cabos e adotar USB-C em 2019
13/06/2018 - 16h45 em Tecnologia

Foto: Reprodução

De acordo com uma reportagem do site DigiTimes, a Apple planeja adotar conectores no padrão USB-C em seus iPhone e iPad a partir de 2019. Esse padrão tem se tornado universal, e é cada vez mais comum em celulares Android.

Mais do que seguir o "fluxo" da indústria, adotar conexões USB-C também ajuda na conexão entre os aparelhos da própria Apple, já que nos notebooks da linha MacBook e MacBook Pro a empresa já usa esse padrão.

Uma vez que os dispositivos móveis passem a utilizar o USB-C, não haverá mais necessidade de usar adaptadores para, por exemplo, ligar um iPhone a um MacBook atual.

Quebra de tradição

Caso isso se confirme, será a primeira vez desde a criação do iPhone e do iPad que a Apple não utilizará um padrão próprio de conexão.

O padrão Lightning estreou com o iPhone 5, de 2012, e tinha como principais atrativos um tamanho compacto e o fato de dispensar um posicionamento específico para ser conectado à entrada do smartphone, o que diminuía consideravelmente o risco de danos físicos decorrentes de tentativas de encaixe incorretas.

Já o USB-C teve suas especificações publicadas em 2014 e, aos poucos, passou a ser adotado em maior frequência, especialmente por celulares Android. A Apple passou a usar esse tipo de conexão na quarta geração do MacBook, apresentada em 2016.

Entre os argumentos em prol desse padrão estão a possibilidade de usar esse tipo de conexão tanto para a transferência de dados quanto para conexão com dispositivos de vídeo e até mesmo de energia.

Com o uso cada vez mais amplo dos conectores USB-C, há a também a possibilidade para o desenvolvimento de acessórios como fones de ouvido que utilizem esse tipo de padrão ao invés do tradicional plugue de 3,5 mm - atualmente, existem fones do tipo, porém são poucos modelos disponíveis.

Isso seria útil, por exemplo, para dispensar o uso de adaptadores ou a necessidade de se obter fones com conexão Bluetooth, mais caros do que os modelos com fio.

Apesar da notícia abrir uma boa perspectiva, ainda é cedo para comemorar: ao menos por ora, não há qualquer confirmação de que esse será, de fato, o rumo seguido pela Apple. 

Fonte: Uol

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PARCEIROS

 

Parceiros:

           

      

Apoiadores:

      

         

Realização: