Uber anuncia nova modalidade de viagem até 50% mais barata
22/02/2018 09:57 em Transporte

(Foto: divulgação / Uber)

GUSTAVO SUMARES 21/02/2018

 

A Uber anunciou nesta semana uma nova modalidade de corridas ainda mais baratas que o UberPool. A nova modalidade recebeu o nome de "Uber Express Pool", e é semelhante ao Pool, mas com uma diferença: ela pode exigir que os clientes andem um pedaço do trajeto para tornar mais simples a rota do motorista.

 

Quando a pessoa pede um carro nessa modalidade, ela pode ter que esperar alguns minutos a mais para que a viagem seja confirmada. Isso porque o algoritmo do Uber fica explorando outras pessoas próximas a ela que queiram ir para a mesma região que ela (e motoristas que possam levá-los). Quando essas pessoas são encontradas, o app orienta-as a andar até um determinado ponto de encontro, que fica a no máximo alguns quarteirões de seu local.

 

Chegando lá, as pessoas se encontram e esperam pelo motoristas, que leva-as todas a um mesmo local relativamente próximo dos pontos aos quais cada uma quer ir. Pode ser meio inconveniente ter que andar a pé e dividir o carro com estranhos, mas segundo o Engadget o preço compensa: o serviço deve ser até 50% mais barato que um UberPool e até 70% mais barato que um UberX.

 

Por enquanto o Uber Express Pool só está disponível nas cidades de San Francisco, Boston, Nova York, Washington DC, Los Angeles, Miami, Philadelphia, San Diego e Denver, todas nos Estados Unidos. Ainda não há estimativa de quando o serviço será expandido para outras cidades.

 

O que há por trás

 

Essa nova modalidade já vem sendo testada pela empresa há pelo menos quatro meses: em novembro de 2017, o TechCrunch notou que ela já estava disponível em San Francisco. Na ocasião, o aplicativo já prometia que essa seria a sua modalidade mais barata, e prometia corridas por US$ 2 (R$ 6,50) - em San Francisco, a passagem de ônibus custa US$ 2,75, o que efetivamente tornava o serviço mais barato que o ônibus.

 

Mas de acordo com o The Verge, o novo recurso demorou para estrear oficialmente por causa da tecnologia envolvida. O serviço precisa analisar entre centenas de passageiros, motoristas, percursos, pontos de encontro e dados de trânsito cada vez que alguém solicita um carro nessa modalidade. Para isso, segundo o site, foi necessário reconstruir completamente o algoritmo por trás do UberPool.

 

Isso deve tornar o serviço mais rápido, eficiente e até mesmo rentável para a Uber, porque aumenta o número de "caronas perfeitas" que o serviço consegue. Segundo o diretor de produto da empresa, Ethan Stock, "o que chamamos de carona perfeita é quando três pessoas entram num carro no mesmo lugar e saem dele no mesmo lugar".

 

Nesses casos, a tarifa é a menor possível para cada um dos passageiros, mas o motorista ganha exatamente o que ganharia por uma viagem naquela distância. Fazer isso não é fácil, e é por isso que a modalidade pede que os usuários esperem alguns minutos antes mesmo de saber para onde terao que andar. Mas vale a pena para a empresa, pois isso aumenta a eficiência do aplicativo e torna mais próximo o dia em que ele será rentável.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PARCEIROS

 

Parceiros:

           

      

Apoiadores:

      

         

Realização:

PUBLICIDADE